[Timezone Detection]
X
Cadastro rápido

Nome de usuário: Endereço de e-mail:
Verificação humana

Em que ano estamos?


Curtidas Curtidas:  0
  1. #1
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525

    O desaparecimento da infancia e os Centros de interesse de Ovídio Decroly

    No insight As crianças apressadas das pós-modernidade vimos que as crianças desta geração não estão desfrutando e apreciando a infancia, afetando a saúde e tornando-as mais infelizes precocemente. Eis que surge mais uma oportunidade para a EBD tornar-se relevante nessa sociedade moderna.

    As Igrejas devem incentivar os pais a terem interações lúdicas com seus filhos, bem como capacitar seus professores sobre a importância de tais atividades.

    Madalena Molochenco, na obra "Educação cristã - Curso Vida Nova de Teológia básica", assinala: "Podemos usar brincadeiras nas atividades de educação cristã (grifo meu)? Existe uma variedade enorme de jogos e brinquedos no mercado atualmente. Como podemos utilizá-los? Isto seria errado espriritualmente(grifo meu)? Estaríamos dando boa formação espirititual âs crianças agindo assim? Como conciliar o aspecto lúdico, expresso através de jogos e brinquedos, com o ensino bíblico (grifo meu)?
    Os antigos manuais, encontramos menção a atividades lúdicas nos programas de educação cristã. Algumas nos foram apresentadas sob a forma de proposta de centros de interesse (grifo meu). A idéia de centros de interesse (grifo meu) é bem antiga. Seu criador, Ovídio Decroly, um educador belga, argumenta que a criança no início da vida, interessa-se quase que exclusivamente por si mesma, numa atitude bem egocêntrica. No entanto, seu interesse vai se ampliando no conhecimento do outro na medida da sua maturidade percepção do outro. Sendo assim a sala de aula deveria oferecer às crianças espaços ou cantinhos que expressassem o mundo da criança, suas necessidades e os objetos com os quais se relaciona, como por exemplo: objetos de casa, da natureza, relacionados a animais e plantas, artefatos para desenhos e pinturas, livros, quebra-cabeça, água terra etc. Dentro dessa abordagem, cada centro de interesse deveria ter uma pessoa responsável por desenvolver uma conversação com as crianças que demonstrassem intersse por estes centros, ajudando-as a fazerem aplicações e relações com o mundo real da criança
    (grifo meu)."

    C
    entros de interesse

    Cada departamento deve ter centros de interesse para as crianças. Centros de interesse podem estar localizados em um canto da sala ou sobre uma mesa. Estes são particularmente úteis para crianças mais novas, para despertar a curiosidade em objetos, familiarizar as crianças com novas idéias ou materiais, ou oferecer atividades que as crianças gostam de fazer ou nos quais tenham interesse especial. Uma exposição de conchas do mar, curiosidades missionárias, dioramas, mesas de livros, jogos para jogar, são algumas sugestões de centros de interesse. Tipos de centros variarão de acordo com os interesses e necessidades do grupo.
    Desde que as crianças mais jovens dependem dos cinco sentidos para grande parte da sua aprendizagem, eles precisam ser capazes de tocar e manipular objetos. Materiais inquebráveis ​​e duráveis devem ser utilizados, especialmente com idades mais jovens. Os objetos devem ser de plástico rígido para que as crianças possam manusear, tocar, e senti-los sem danificá-los. Objetos de pano e material tridimensional com variados tipos de superfícies pode ser usados com a fiscalização do professor.

    Centros de interesse podem ser usado numa pré-sessão de ensino, para participação do grupo, e para contar o ensino, idéias novas e desconhecidas, jogos livres e atividades guiadas. Eles podem também ser usados ​​como trampolins para discussão informal com crianças mais jovens e em abordagens da lição e aplicações. Os alunos podem ajudar na construção de centros de interesse, dependendo da idade e do tipo.
    Madalena Molochenco assinala ainda: "Dentro deste ideal, muitas comunidades e igrejas passaram a usar esta abordagem, mas sem levar em conta a informação ao professor e sua devida formação no conceito dos centros de interesse e na maneira de lidar com isso. Tenho encontrado muitos professores de educação cristã infnatil que não sabem para que aqueles materiais e brinquedos estão disponiveis na sala de aula. Talvez seja esta a maior falha dos educadores: achar que os professores já conhecem a teoria ou o conceito e que sabem aplicá-la. Porém, mesmo que não a conheça, deveria ainda assim ase aventurar a desenvolver atividades lúdicas em suas aulas?"

    Fatalmente, você também, assim como eu, já viu em igrejas ou até mesmo em escola seculares ou cristãs, centros de interesses, brinquedos, sem que os professores soubessem para que serviam ou até mesmo desconhecessem que se tratam Centros de interesse. Na minha Biblioteca pessoal possuo uma obra da União Feminina Missionária Batista do Brasil, datada de 1987 (25 anos), que ensina a construir um Centro de Interesse mas, quase não explica o conceito do Centro de Interesse. Pessoalmente, após esses longos anos militando no ensino cristão e na EBD, jamais vi um Centro de Interesse funcionando a contento.

    Madalena Molochenco conclui: "O brinquedo, por sua vez, não tem regras. A criança brinca, e esse brincar consiste numa relação dela mesma com o brinquedo, ou seja, não é determinado por regras, como no jogo; é algo espontâneo. “Uma boneca permite à criança várias formas de brincadeiras, desde a manipulaçãao até a realização de brincadeiras como “mamae e filhinha”. O brinquedo estimula ra reprsentação, a expressão de imagens que evocam aspectos da realidade.
    Estudar a ludicidade vinculada ao ensino bíblico nos faz pensar no quanto os alunos ganham, em termo de experiencias, na convivencia com colegas e professores. O momento do ensino bíblico deve ser atraente e agradável, pois estamos ministrando principios biblicos as crianças. Por que não utilizar e desenvolver jogos e brincadeiras aplicados ao ensino bíblico?
    Para isso, é necessário pensar na escolha e na boa aplicação dos jogos e brincadeiras. Encontramos hoje, em muitos manuais, livros e periódicos, excelentes sugestões lúdicas a serem desenvolvidas com crianças. Encontramos também em lojas de brinquedos não-pedagógicos, as mais variadas formas de objetos e brinquetos qe nos ajudam a desenvolver representações da vida real em diversos formatos: brinquedos de casinha, bonecas, móveis, carrinhos, quebra-cabeças, jogos de montar e desmontar e tantos outros. Dentro da temática da criação de Deus, encontramos diversas opções, como animais, pessoas, coisas da natureza e uma infinidade de objetos correlacionados ao cuidado de Deus para com o universo e as pessoas.
    Quando a criança s envolve com os brinquedos e cria uma brincadeira, ela se permite entrar no universo do imaginário, que “não se confunde com o real, ele é um instrumento para a compreensão e a tomada de consciencia do real”. Um dos princípios básicos da vida cristã está baseado nos relacionametos saudáveis. Creio que podemos desenvolver muitas atitudes saudáveis em relação a vida real e aos relacionamentos pessoais através da brincadeira, do faz-de-conta. Certa vez, organizei um centro de interesse voltado para o lar numa classe de EBD, exatamente na época de Natal: Jesus iria nascer e nós precisávamos ciar um espaço uma casinha onde ele pudesse morar e ser cuidado. Todas as crianças se envolveram em atividades de casa: lavar, limpar, guardar o carro, lavar e alimentar o bebê, cuidar das roupinhas e de todas as coisas da casinha. Creio que a relação afetiva foi desenvolvida através do imaginário, ou como diz Kishimoto, foi promovido o “desenvolvimento cognitivo e afetivo-social da criança”.
    O jogo, o brinquedo e a brincadeira podem ser utilizados no ensino biblico e nas programações das comunidades e igrejas, pois ajudam a criança a desenvolver espirito de equipe; respeitar a sua vez; obedeer as regras; cumprir os tratos estabelecidos; nutrir o respeito mútuo, além de ser um ótimo instrumento para o desenvolvimento mental voltado para a solução de problemas e desafios."


    O currículo Geração Futuro, criado pelos ministérios da mega Igreja Willow Creek, utiliza os Centros de interesse, ao qual é chamado de "Centro de Atividades". Apesar do Departamento Infantil ter uma baixa prioridade no orçamento da igreja, há soluções econômicas viáveis para substituir os custos da compra de brinquedos. Talvez o maior trunfo para construção e o uso eficaz de centros de interesse é a criatividade e engenhosidade do corpo docente!

    Aqui mesmo no portal você encontrará informações para construir um Caixão de areia
    aonde voce poderá formar rios, estradas, montanhas e dispor casas, pessoas, toy papers (brinquedos de papel) árvores, etc
    caixaareia3.jpgcaixaareia.jpgcaixaareia2.jpg

    Voce poderia usar os Toy papers (brinquedos de papel) do Didier montados sobre o Caixão de Areia e deixe as crianças brincarem mas, lembre-se que o papel do professor cristão em usar a brincadeira ou jogo é proposital, a atividade está baseada em um objetivo ou resultado. Faça uma pesquisa no portal através da ferramenta de busca, voce encontrará inúmeros dioramas que poderão ser combinados com o Caixão de areia.

    Bible town 1.jpg


    › Veja Mais: O desaparecimento da infancia e os Centros de interesse de Ovídio Decroly

  2. #2
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525
    Centro de aprendizagem

    O que é um centro de aprendizagem? No Centro de aprendizagem as crianças vêm individualmente ou em pequenos grupos, e envolvem-se em centros de aprendizagem. Em um grupo mais estruturado, um convite para tais atividades de aprendizagem não seria possível. Mas aqui uma criança tímida pode escolher um canto calmo e buscar o aprendizado de uma forma individual. Ou outra criança que precisa de companhia pode participar de um grupo pequeno.
    Centros de aprendizagem, ou áreas de atividade, pode ser pensado como centros de interesse expandidos, e geralmente funcionam melhor com crianças em idade escolar que são capazes de ler. Eles são mais do que as áreas de diversão para estimular o interesse e entusiasmo. Eles podem ser uma das ferramentas mais eficazes que o professor pode usar para envolver os alunos e individualizar o ensino.

    A mesa ou canto da sala que pode acomodar um ou mais crianças pode ser posta de lado como um centro de aprendizagem. Os materiais indicados devem ser atrativos com instruções e procedimentos cuidadosamente delineados para o envolvimento dos alunos. O arranjo do local, materiais e equipamentos, pessoal, faixa etária das crianças, e os conceitos a serem aprendidos são todos fatores a considerar na organização de centros de aprendizagem. A maioria dos centros terá não apenas um, mas uma combinação de atividades de aprendizagem onde as crianças participam ouvindo, vendo, tocando e fazendo.

    Alguns temas para o desenvolvimento de centros de aprendizagem estão na geografia Bíblica, histórias da bíblia ou de fundo Bíblico. Pode-se gravar uma mensagem, explorando sentimentos, ouvir cassetes e discos, livros, arte criativa e de escrita, jogos bíblicos e música. Pode-se ainda criar um centro de memória, para memorização de versículos bíblicos, utilizando-se quadro-negro, cartões, quebra-cabeça, imagens relacionadas com o verso, e materiais de arte para ilustrar o verso. Todos os centros devem ser projetados para definir um foco específico.

    É necessário que o professor esteje atentos à sua responsabilidade de convidar e encorajar as crianças a explorarem todos os centros e, finalmente, aprender em vários. O papel do professores é o de supervisionar e orientar como os alunos interagem com eles. Eles devem apresentar centros e dar o passo-a-passo da sua utilização. Eles sugerem, em vez de comandar, faz elogios, e ajuda quando necessário. Eles são consistentes em suas expectativas e redirecionam energias em canais mais produtivos quando necessário.

    Centros de aprendizagem dão aos professores a oportunidades de observarem os alunos em um ambiente informal. Eles podem descobrir as necessidades, interesses e habilidades de crianças e aproveitar momentos de prontidão, interesse e desejo. Eles ajudam os professores a planejar a instrução com cada criança individualmente em mente. Situações são criadas onde os professores podem orientar as crianças em seu pensamento a respeito de Deus e sua relação com ele.


  3. #3
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525
    Diorama Jonas

    jonahdio.jpg

    Um lindo projeto para as crianças brincarem no centro de interesse.
    Se necessário for, voce poderá construir o diorama fora da bandeja de madeira, ampliando o diorama construindo Nínive com os toys papers do Didier (A Vila de Belém).

    http://www.escoladominical.net/showt...ll=1#post23307

  4. #4
    SandraMac is offline SandraMac's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Oct 2007
    Location
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    5,126
    Muito bom o texto.
    No Portal - como mostra o post#3 - temos um bom acervo de materiais para que as Profas. criem centros de interesse bíblicos em suas salinhas.
    Geralmente, o que sempre vejo, são brinquedos "normais", comuns nas salas, sem haver uma ligação com a temática bíblica.
    Mas podemos confeccionar bonecos/personagens, casinhas e cenários bíblicos para enriquecer nossos centros de interesse.
    "Quero trazer à memória o que me pode dar esperança". Lamentações 3:21

  •   
+ Responder tópico
+ Novo Tópico

Resposta rápida Resposta rápida

  • :RpS_rolleyes:
  • :butterfly:
  • :stupid:
  • :cool:
  • :lol:
  • :frown:
  • :numbness:
  • :RpS_drool:
  • :bee:
  • :smile:
  • :adoration:
  • :very_drunk:
  • :eek:
  • :loyal:
  • :RpS_unsure:

Clique aqui para logar


Em que ano estamos?

Thread Information

Users Browsing this Thread

Há atualmente 1usuários navegando neste fórum. (0 membros e 1 visitantes)

Similar Threads

  1. A Infância de Jesus
    By SandraMac in forum Novo Testamento
    Respostas: 25
    Last Post: 22-02-17, 07:27 PM
  2. Lição 8 - O Salvador também foi criança (Jesus e sua infância)
    By SandraMac in forum 1º Trimestre - Revista 5
    Respostas: 19
    Last Post: 15-03-14, 02:47 PM
  3. Lição 4 - A infancia de Jesus
    By Roberto in forum Subsídios CPAD - 1º trimestre 2008 (Jovens e adultos)
    Respostas: 7
    Last Post: 19-02-08, 04:07 PM
  4. Sincero interesse pelas almas
    By Raquel_Pereira in forum Ilustrações
    Respostas: 0
    Last Post: 15-07-04, 09:59 PM

Posting Permissions

  • You may post new threads
  • You may post replies
  • You may not post attachments
  • You may edit your posts
  •