1. #1
    Membro Novato
    Data de Ingresso
    Aug 2004
    Posts
    3
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0

    Digno é o obreiro do seu salário!?

    Prezados,

    Emita sua opinião...

    Pelo trabalho prestado por seu Obreiro, (Pastor) quanto ele deveria ganhar mensalmente?

    Ele ensina bem?

    Administra com a Diretoria e Comissões ou é Não participativo?

    A Igreja tem crescido seu Campo de Ação, Templos, Terrenos para futuras Construcões..Etc...Etc...

    Obra missionaria, Evangelismo, Visitas hospitalares, Assistência Social!???

    Muito se fala deste assunto, mas vamos com serenidade conversar e ver-mos á luz da Biblia o que ela nos ensina?


    › Veja Mais: Digno é o obreiro do seu salário!?

  2. #2
    Administrator Avatar de Roberto
    Data de Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Natal-RN
    Posts
    2.442
    Thumbs Up/Down
    Received: 315/20
    Given: 215/0
    Sob esse prisma é profissionalização. A Igreja-Empresa exige competência profissional, e cobra resultados. Por outro lado o pastor profissional busca melhores igrejas, melhores salários e melhores condições de trabalho.
    Auferir honorários por resultados não é vocação e sim vínculo empregatício.

    Ganhando pelos resultados?
    "Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus" (1PE 4.10)

    Não são os ministros despenseiros (1Co 4:1)?
    O despenseiro (gr. oikonomos) era um supervisor doméstico, um mordomo responsável por prover comida para a casa do seu mestre. Era um servo de responsabilidade e confiança que administrava a casa e os outros servos do seu Senhor. Ele recebia dinheiro para os gastos necessários para aquisição da alimentação e vestuário da família, e mantinha as contas em ordem para prestar contas com o seu mestre. Tinha também a responsabilidade de distribuir aos outros servos a comida nos horários das refeições, ou seja, nos momentos apropriados: "Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?" (Mt 24.45).

    Ora, o despenseiro não trabalha com seus próprios recursos, tudo que é realizado por ele é com recursos do seu Senhor, porque receber rendimentos de coisas que não lhe pertencem?


    Outra questão é que há medidas diferentes de responsabilidade na obra de Deus. Porque a igreja exige resultados iguais para pessoas com ministérios e aptidões diferentes?
    Eu não tenho a mesma responsabilidade que você tem, eu tenho a minha própria parcela de responsabilidade no reino: "Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um." (Rm 12.3)

  3. #3
    Membro Ativo
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Posts
    36
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0
    Cada ser humano tem que ter uma fonte de renda, isto é indiscutível, agora saibamos separar as coisas, não tem necessidade de pastores usufruir dos bens da igreja, tendo ele um bom trabalho ou uma boa aposentadoria. Eu por exemplo eu vivo da renda da Igreja, pois trabalho em tempo integral, na Administração, então percebo uma prebenda todos os meses, aí sim se faz necessário depender desta renda, pois não trabalho em outro serviço.
    Paulo disse para~não pesarmos as igrejas.

  4. #4
    Membro Ativo
    Data de Ingresso
    May 2007
    Localização
    Lavras
    Posts
    36
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0
    Se ele trabalha em tempo integral deve ganhar o suficiente para manter um padrão de vida correspondente à" classe média" da região onde mora. Mais que isto seria ostentação desnecessária ao Reino de Deus.

  5. #5
    Membro Novato
    Data de Ingresso
    Nov 2007
    Posts
    1
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0

    Re: Digno é o obreiro do seu salário!?

    A paz a todos,

    Bom este "salário" alguns dizem que são bençãos espirituais, o que eu não acredito...A pergunta é: digno é o obreio do seu salário? Sim. Eu penso a seguinte: se o pastor não trabalha na igreja em tempo integral também não deveria receber nada...No tempo dos levitas, os auxiliares, que também são obreiros, também recebiam..Por que mudou? O pastor hoje faz o papel dos sacerdotes e os obreiros(auxiliares)fazem o papel dos levitas...Naquele tempo todos ganhavam...Por que hoje só os da primeira classe, quero dizer, os pastores, ganham?

  6. #6
    Avatar de Rosana Lucena
    Data de Ingresso
    Dec 2006
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    48
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0

    Re: Digno é o obreiro do seu salário!?

    Citação Postado originalmente por Pr.Daniyel
    Prezados,

    Emita sua opinião...
    Paz de Cristo, irmão Daniel.

    A respeito dessa questão, gostaria de colocar algumas considerações.
    Pelo trabalho prestado por seu Obreiro, (Pastor) quanto ele deveria ganhar mensalmente?
    :arrow: 1. A respeito do que o obreiro(PASTOR OU NÃO), deve ganhar, (se SERVE EM TEMPO INTEGRAL), é claro que vai variar de acordo com a igreja. Umas são pequeninas, outras imensas. Então irmão, nao seria correto questionar o quanto o obreiro DEVE ganhar, mas sim o quanto a igreja local onde ele serve PODE separar para o sutento desse obreiro.

    Ele ensina bem?

    Administra com a Diretoria e Comissões ou é Não participativo?

    A Igreja tem crescido seu Campo de Ação, Templos, Terrenos para futuras Construcões..Etc...Etc...

    Obra missionaria, Evangelismo, Visitas hospitalares, Assistência Social!???
    :arrow: 2. Outra importantíssima consideração a fazer além da que já foi muito bem colocada a respeito de "comissoes ou lucros participativos" pelo irmão Roberto, é que: Se esse obreiro que está à frente é "capaz, competente, etc" entao, excelente!!! mas... se nao é... se nao ensina bem, nao evangeliza, nao visita, nao trabalha em nenhuma atividade missionária e nem na assistência social... O QUE ELE FAZ À FRENTE DE UMA IGREJA??? QUEM O PÔS À FRENTE???

    :arrow: 3. Outro importante ponto, é que , uma vez que eu tenha concordado congregar ali, a obediência e submissão trarão para minha vida, as bençãos de Deus, de outro modo, se descubro que o obreiro à frente da igreja não é "capaz ou digno" de consideração, obediência, submissão... entao, talvez esteja na hora, de pensar em mudar de igreja, já que murmuração, rebeliões, suspeitas... que poderão acabar sendo geradas em mim, pela minha insatisfação, serão prejudiciais a mim mesma.

    Muito se fala deste assunto, mas vamos com serenidade conversar e ver-mos á luz da Biblia o que ela nos ensina?
    O que a Bíblia nos ensina a respeito desse assunto:

    :arrow: 1 Cor 9. 7-14 " 7. quem planta a vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta o gado e não como do leite do gado? 8. Digo eu segundo os homens?ou não diz a lei também o mesmo? 9. Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca do boi que trilha o grão. Porventura tem deus cuidado dos bois? 10. Ou não o diz certamente por nós? certamente que por nós ? certamente por nós está escrito; porque o que lavra, deve lavrar com esperança, e o que debulha, deve debulhar com esperança de ser participante. 11.Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais? 12. Se outros participam desse poder sobre vós, porque não mais justamente nós? Mas nós não usamos desse direito; antes, suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de cristo. (sabemos que Paulo fabricava tendas e retirava dessa atividade algum ganho para seu sustento) 13. Ou não sabeis vós que os que administram o que é sagrado, comem do que é do templo? e que OS QUE DE CONTÍNUO estão junto ao altar participam do altar? 14. Assim ORDENOU também o Senhor que aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho."
    :arrow: 1 Cor.9.17" E por isso, SE FAÇO DE BOA MENTE, terei prêmio; (agora ele fala de galardão, bençaos espirituais, além das carnais q ele antes já tinha mencionado nos vers. anteriores), mas, se de má vontade, apenas uma dispensação me é confiada." ( Fala da intenção do coração do obreiro e da sua motivação em fazer a obra, seja por ambição, ou vocação.)

    :arrow: 2 Ts 3. 6-12 " 6. Mandamo-vos porém irmãos, que em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que andar desordenadamente e não segundo a tradição que de nós recebeu. ... 8. nem de graça, comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós; ... 10. Porque quando estávamos ainda convosco, vos MANDAMOS ISTO: que se alguém nao quiser trabalhar, não coma também. 11. porque ouvimos que alguns entre vós andam desordenadamente, nao trabalhando, antes fazendo coisas vãs...

    Como podemos ver, o trabalho é obrigação de todo homem, seja na obra de Deus ou na vida secular, e é do trabalho que o homem realiza, que deve tirar seu sustento.

    Espero ter podido ajudar a esclarecer um pouco mais essa questão.

    (os grifos em maiúsculas são meus.)

    Dou ainda meu testemunho pessoal, pois sou esposa de pastor auxiliar, porém nao recebemos salário da igreja onde servimos. Glorificamos a Deus por não carecer. Tbm , nao servimos em tempo integral. Servimos de boa mente, e por isso somos ricamente abençoados, pois Deus nunca ficará devedor de homem algum.( " Quem primeiro me deu, para que eu haja de retribuir-lhe ?" Jó 41.11)Pelo contrário, Nós estamos sempre devendo a ele. E nunca teremos como pagar seu tão grande amor. Todas as vezes que sacrificialmente doamos a Deus e a sua obra, o nosso tempo de descanso, folga, etc... ( e nao tenho de que me gloriar nisso, pois me é imposta essa obrigação, de anunciar o evangelho), a recompensa vem. " ...a vossa obra tem uma recompensa" E tem mesmo. E Deus nao falha. Nunca. Sempre fiel . Sempre, sempre, sempre... " Porque Deus não é injusto, para se esquecer da vossa obra e do trabalho da caridade que, para com o seu nome, mostrastes enquantos servistes aos santos e ainda servis." (Hb 6:10)

    Aproveitando, pra responder também ao irmão Antônio, creio que nao seja "errado" os outros obreiros receberem salário, se servirem tbm em tempo integral à igreja, se a Igreja onde servem puder sustentá-los.

  7. #7
    Membro Novato
    Data de Ingresso
    Oct 2008
    Posts
    1
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0

    Re: Digno é o obreiro do seu salário!?

    o q vcs achão quando a biblia nos fala "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor." Penso, o que significa o sálario???
    eu particulamente acho q se o pastor tem o seu emprego, não deveria receber dinheiro da igreja..pois DEUS já foi tão generoso com ele e abriu uma porta de emprego... pra que receber da igreja???? acho q os dizimos teria q ser para os pastores q não tem seu emprego e q vive para a obra, e não da obra, porq ouço muitos falarem q querem ser pastores,,, e ser pastor era Dom de DEUS e agora? é profissão??? acho que os dizimos deveriam ser para os pastores q vivem para a obra , para as viúvas, os orfaós, nessecitado, comprar uma área de lazer para os membros fazerem retiros, passeio com os jovens , crianças enfim para os membros
    penso tambem porq não envestir em uma creche ??? muitas irmão não trabalham para aumentar as suas rendas por q não tem com quem deixar os filhos ... se tivesse uma creche !!! ajudaria muito !!!
    outra coisa, háa as criançãs estão precisando de um sonzinho pra ensaiar ... porq a igreja não compra ? tem q ficar esperando alguem doar
    acho q as igrejas deveriam tem uma salinha de som com tv e DVD evangélicos para as crianças ... há mas na maioria das vezes não sobra dinheiro porq tem q mandar pra cede pra sustentar um bando de gente q temm os seus empregos mas não se satisfazem quanto mas tem mas quer!!!
    há tem mas, não aceito de forma nenhuma q nos aniversarios dos lideres tenha aquele festão !!! e no aniversário daquelas irmãzinhas q ficam na cantina todos os domingos .... hoje vamos orar pelos aniversariante do mês venham pra cá meus queridos irmões... oro e acabou, vão sentar!!! não aceito isso porq creio q no céu não vai haver descriminação ....

    acho q todas as igrejas deveriam ser ser fins lucrativos

    vcs devem esta pensando há ela tem filhos pequenos, trabalha na cantina...
    não tenho filhos pequenos, não trabalho na cantina, tenho uma vida financeira estabilizada ... mas vejo de que minhas irmãs estão precisando!!!

    fico a pensar, será q ninguem pensa como eu ??

  8. #8
    Membro Novato
    Data de Ingresso
    May 2009
    Posts
    1
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0

    Re: Digno é o obreiro do seu salário!?

    Leia em Lucas c10 v 7.
    Ficai nesta casa comendo e bebendo do que eles tiverem, p
    ois digno é o trabalhador de seu salário.
    E 1 Timóteo c 5 v 18.
    Por que a escritura diz; Não atarás a boca ao boi que debulha. E, digno é Obreiro de seu salário.
    Se o pastor dedica tempo integral na igreja, é justo que seja assalariado

    Eu por exemplo sou missionário em tenerife España, e nao tenho salário até porque a igreja nao tem condiçoes de me assalariar,
    agora eu penso o seguintea repeito,
    a biblia de o direito do obreiro receber desde que o obreiro realmente faz a obra de Deus,

    eu nao tenho salário faz 8 meses que nao trabalho mas nunca tem faltado pao na minha mesa.

    aquele que critica um obreiro está fora do plano de Deus, Deus nao se deixa enganar, porisso existe o dia do juizo de Deus.

    melhor orar por eles, e deixa isso pra Deus resolver..

    abraço amigos, Deus vos abnçoe..

  9. #9
    Membro Novato Avatar de Lealson
    Data de Ingresso
    Jul 2009
    Localização
    Socorro/SP
    Posts
    19
    Thumbs Up/Down
    Received: 0/0
    Given: 0/0

    Re: Digno é o obreiro do seu salário!?

    A PAZ DO SENHOR.

    EIS AÍ UMA QUESTÃO BASTANTE CONTROVERSA, QUE TEM TRAZIDO A BAILA UMA INFINIDADES DE RECLAMOS E INDAGAÇÕES.

    Antes de qualquer argumentação embasada na Bíblia ou na exegese teológica, vamos pensar e expor nossa opinião como seres humanos que somos e como membros da igreja que somos.
    Feito esse parâmetro, remetemos logo de início a uma questão modal que tem sido extremamente explorada nos dias de hoje:

    A MODA AGORA É SER CRENTE: MELHOR QUE ISSO, É SER PASTOR...

    __Alguém pergunta porquê???.

    __Eu Respondo: Porque uma infinidade de artistas estão voltando os olhos para o meio evangélico para galgar entre os crentes uma brilhante carreira artística, num meio em que o consumo se elevou de tal maneira que os artistas evangélicos possuem maior destaque na mídia que os artistas não evangélicos.

    Da mesma maneira tem sido não só no meio artístico, mas também no meio ministerial.

    Embora isso possa parecer absurdo, e que me perdoem os Pastores de boa índole, existem inúmeros "PASTORES" que se valem do "DOM MINISTERIAL" para crescimento pessoal pura e simplesmente.

    Evidente que o obreiro é digno do seu salário, sem dúvida nenhuma.

    Mas.... façamos aqui uma singela comparação:

    Um servidor público de 2º escalão (escrevente, técnico judiciário, diretor de cartório, analista judiciário, etc), que tem formação em nível superior, que ralou para estudar e passar num concurso, que trabalha efetivamente 40 horas semanais, ganha no máximo, e isso com todas as ajudas e acréscimos, um valor de R$ 8.000,00 (oito mil reais - se for um servidor federal) e R$ 5.000,00 (se for estadual).

    Então pergunto: "É digno do seu salário um Pastor, que vive às custas da igreja, não paga aluguel, não paga água, não paga luz, não paga telefone (e geralmente a família toda tem um celular corporativo), não paga as parcelas do veículo que tem (e que geralmente é DELE e não da igreja), não paga o colégio dos filhos, não paga empregada doméstica, não tem despesas com alimentação, não tem despesas com vestuário, etc.

    Vamos colocar na ponta do lápis:
    tomando por base um pastor, esposa e 2 filhos (que é o mais comum)
    - Aluguel R$ 700,00
    - Água e Luz R$ 300,00
    - Telefone R$ 200,00 (jogando baixo)
    - Veículo (Financ) R$ 700,00
    - Colégio R$ 600,00
    - Empregada R$ 500,00
    - Alimentação R$ 450,00
    - Vestuário R$ 150,00

    Basicamente nosso "mui digno obreiro" está ganhando a título de despesas o valor de R$ 3.600,00.

    Como se não bastasse isso, o nosso querido Pastor ainda retira dos cofres da igreja um salário mensal de R$ 1.000,00, totalizando assim um valor mensal de R$ 4.600,00 (salário inicial de um Delegado de Polícia no Estado de São Paulo).

    Para quem trabalha por vocação, visando o crescimento da igreja, etc, etc, que possui dons espirituais, que "AMA A OBRA", etc, etc.... esse obreiro no mínimo está saindo bem caro para a igreja hein!!! além de que não precisa ser concursado ou passar por testes de aptidão vocacional.

    Não quero também ser hipócrita nem tão pouco fazer qualquer tipo de apologia, mas creio que o obreiro é digno do seu trabalho quando se pode vislumbrar os resultados desse trabalho. Uma grande parte de pastores não passam de parasitas que ficam apenas "SUGANDO" o dinheiro do povo, inclusive com insinuações proféticas de prosperidade.

    Se podemos combater isso?, claro que podemos... comece a indagar ainda hoje, em sua igreja, a respeito dos relatórios financeiros da igreja. Converse com o tesoureiro e pergunte a ele como andam as contas da igreja. Comece a ser mais participativo, É UM DIREITO SEU.

    Em qualquer repartição pública que você vá, poderá fiscalizar as contas daquela repartição, o mesmo ocorre em qualquer tipo de associação ou entidade; a igreja é uma entidade e como entidade deve prestar contas aos congregados, como igreja deve zelar pela doutrina, pela palavra, etc; mas enquanto entidade religiosa, qualquer membro deve ter acesso às contas e demonstrativos.

    Agora pergunto: __ Ainda há a necessidade de debater biblicamente?

    A questão da dignidade do obreiro em relação ao seu salário é pacífica, SIM ELE É DIGNO DO SEU SALÁRIO, mas é INDIGNO DA EXTRAPOLAÇÃO DO MESMO.

    Aliás, a extrapolação no exercício de qualquer direito é considerada como ato ilícito pela legislação brasileira. Art. 187 do Código Civil.

    É isso!!!

  •   

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Curso de Obreiro
    Por sergs no fórum Sala dos Professores de Jovens e Adultos - Evangelismo - Discipulado - Novos Convertidos
    Respostas: 6
    Último Post: 24-03-14, 02:48 PM

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •