1. #1
    Roberto está desconectado Avatar de Roberto
    Administrator
    Data de Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Natal-RN
    Posts
    2.485

    A geração M (Mídia) - A geração multitarefa - Suas implicações para a EBD

    Hoje as crianças estão on-line. Eles amam o computador, é claro, porque ele oferece rádio, CD e muito mais - jogos, filmes, e-mail, MSN, Google, Facebook, etc. Surpreendentes descobertas recentes não é que as crianças estavam passando muito tempo usando meios eletrônicos mas que eles estavam expostas a "mídia multitarefa" - ouvindo músicas, assistindo a um DVD e trocando mensagens com amigos, fazendo lições de casa, usando celulares, tudo ao mesmo tempo.

    Os pais assistem a esse fenômeno se desdobrar com uma mistura de temor e preocupação.

    Cada geração de adultos vê a nova tecnologia - e as mudanças sociais que ela desperta - como uma ameaça para a ordem correta das coisas: Platão advertiu (corretamente) que a leitura traria a queda da tradição oral e memória.

    Quanto aos dispositivos multitarefas, os cientistas sociais e educadores estão apenas começando a avaliar o seu impacto, mas os pesquisadores já têm algumas opiniões fortes. O hábito mental de dividir a atenção em muitas fatias pequenas tem implicações significativas para a maneira como os jovens aprendem, raciocinam, socializam, fazem um trabalho criativo e entendem o mundo. Embora tais hábitos possam preparar as crianças para o trabalho frenético de hoje, muitos cientistas cognitivos estão positivamente alarmados com a tendência.

    Seu cérebro quando realiza várias tarefas

    Embora muitos aspectos da vida permaneçam cientificamente desconhecido, há ampla literatura sobre como o cérebro lida com multitarefa. Pode parecer que uma adolescente está escrevendo uma mensagem instantânea, ouvindo uma música e fazendo o dever de casa - tudo ao mesmo tempo - mas o que realmente está acontecendo é uma alternância rápida entre tarefas ao invés de processamento simultâneo, explica o neurocientista Grafman.

    A mudança de atenção de uma tarefa para outra, ocorre em uma região logo atrás da testa chamada Área de Brodmann 10 no córtex anterior do cérebro pré-frontal, de acordo exames de ressonância magnética funcional. A Área de Brodmann 10 é parte dos lobos frontais, que são importantes para manter metas de longo prazo e alcançá-los", explica Grafman. A parte mais anterior permite que você deixe alguma coisa quando está incompleta e volte ao mesmo lugar e continue a partir dalí." Isso nos dá uma "forma de multitarefa", diz ele, que na verdade é o processamento seqüencial. Como o córtex pré-frontal é uma das últimas regiões do cérebro a amadurecer e um dos primeiros a declinar com o envelhecimento, as funções multitarefas em crianças não funcionam bem, e nem na maioria dos adultos acima de 60 anos. Novos estudos sugerem que à medida que envelhecemos, temos mais problemas.

    outil_jaune05_img02.jpgBrodmann_area_10_medial.jpg

    Mas a capacidade de multiprocessamento tem seus limites, mesmo entre adultos jovens. Quando as pessoas tentam realizar duas ou mais tarefas relacionadas ao mesmo tempo ou alternando rapidamente elas, os erros sobem acima da média, e leva muito mais tempo - muitas vezes o dobro do tempo ou mais - para começar os trabalhos do que se tivessem sido feitos seqüencialmente, diz David E. Meyer, director do Laboratório de Cognição Cérebro e Ação da Universidade de Michigan: "O preço em termos de desaceleração é muito grande - surpreendente assim." Meyer freqüentemente testa os alunos da Geração M em seu laboratório, e ele não vê exceção para eles, apesar de sua "mística", como mestres multitarefas.

    Se um adolescente está tentando ter uma conversa online ao mesmo tempo que faz uma conta matemática, ele vai sofrer uma diminuição na eficiência, se comparado se ele estivesse envolvido somente com os cálculos. As pessoas podem pensar de outra forma, mas é um mito. Com tais tarefas complicadas [você] jamais, jamais será capaz de superar as limitações inerentes ao cérebro para o processamento de informação durante a execução de ações multitarefas.

    Outra pesquisa mostra a relação entre a estimulação e performance faz uma curva de sino: um pouco de estímulo - quer se trate de um café ou uma trilha sonora tocando - pode melhorar o desempenho, mas é muito mais estressante e faz com que ocorra uma queda. Além disso, o cérebro precisa de descanso e tempo de recuperação para consolidar pensamentos e lembranças. Os adolescentes que preenchem cada momento de tranquilidade com um telefonema ou algum tipo de estimulação pode não estar recebendo um alívio necessário. Multitarefas habituais podem condicionar o seu cérebro a um estado muito mais de stress, tornando-o difícil de se concentrar mesmo quando eles querem. "As pessoas perdem a habilidade ea vontade de manter a concentração,diz Meyer.

    No lado positivo, os alunos da Geração M tendem a ser excepcionalmente bons em encontrar e manipular informações. E presumivelmente porque a infância moderna se inclina em direção visual em vez de mídia impressa, são especialmente hábeis em análise de dados visuais e imagens, observa Claudia Koonz, professor de história na Universidade de Duke. Um número crescente de professores universitários estão usando filme, clipes de áudio e apresentações em PowerPoint para jogar os pontos fortes aos seus alunos e captar a sua atenção evanescente. É uma poderosa forma de ensinar história, diz Koonz. "Eu amo trazer a mídia na sala de aula, para poder ir para o site de Edward R. Murrow e ouvir sua voz quando ele andava com os libertadores de Buchenwald". Outro ajuste ao ensino da Geração M: professores estão atribuindo menos livros completos e mais trechos de artigos. (Koonz, no entanto, ficou surpreso quando um estudante com naturalidade informou-lhe, "Nós não lemos livros inteiros mais", após Koonz ter recomendado um volume de 350 páginas.

    Muitos estudantes fazem uso brilhante de mídia em seu trabalho, a incorporação de arquivos de áudio e clips de vídeo em suas apresentações, mas o hábito deixa sinais reveladores em sua escrita, de acordo com alguns educadores. "A amplitude de seus conhecimentos e sua capacidade de encontrar respostas acaba", diz Roberts de seus alunos na Universidade de Stanford, "a minha impressão é que sua capacidade de escrever narrativas claras, concentradas e prolongadas se desgastou um pouco." Koonz diz: "O que eu acho é parágrafos fazem sentido internamente, mas não necessariamente de seguem uma linha de argumentação."

    Koonz e Turkle acreditam que os estudantes de hoje são menos tolerantes a ambigüidade do que os alunos no passado. "Eles exigem clareza", diz Koonz. Eles querem identificar ​​mocinhos e bandidos, eles acham problemático o ensino de temas complexos como por exemplo: hutus e tutsis na história de Ruanda. Ela também acha que há implicações políticas: "A crença na resposta simples, colocadas de uma maneira visual, é, penso eu, perigosa." Koonz acha que esta aversão a complexidade está diretamente relacionada à multitarefa:. "É como se eles tivesse muitas janelas abertas no seu disco rígido, a fim de ter um gosto para peneirar diferentes camadas de verdade, você tem que ficar com um tema e buscar profundamente, em vez de ir em toda a superfície com a sua barra de ferramentas. " Ela tenta incentivar seus alunos a encontrar um lugar tranqüilo no campus para apenas pensar, longe de telefone celular fora laptop.

    Tradução livre
    Times



    › Veja Mais: A geração M (Mídia) - A geração multitarefa - Suas implicações para a EBD

  2. #2
    Alcilea Pessoa está desconectado Avatar de Alcilea Pessoa
    Membro Novato
    Data de Ingresso
    Nov 2012
    Posts
    1

    Muito bom porém não consigo acessar aos arquivos anexos e imagens, o que faço?

    Não consigo abrir os anexos e arquivos.

  3. #3
    SandraMac está desconectado Avatar de SandraMac
    Administrator
    Data de Ingresso
    Oct 2007
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    5.122
    A Paz, Alcilea!
    Para acessar os materiais do Portal da EBD vc precisa se tornar Assinante.
    Basta clicar no botão pagseguro e fazer sua assinatura anual de R$ 30,00 - menos de 9 centavos ao dia.
    Use o mesmo e-mail com o qual se registrou no Portal.
    Vale a pena se tornar assinante, pois o conteúdo do Portal é excelente e está sendo renovado diariamente.
    Veja tudo explicadinho na Sala de Informações e Anúncios.

    Se tiver dúvidas, entre em contato.
    Deus abençoe!!

    Citação Postado originalmente por Alcilea Pessoa Ver Post
    Não consigo abrir os anexos e arquivos.
    "Quero trazer à memória o que me pode dar esperança". Lamentações 3:21

  •   

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Comunicação multisensorial para uma geração com necessidades multisensoriais
    Por Roberto no fórum Curso Revitalizando o dinossauro Escola Dominical - Estratégias para o século 21
    Respostas: 3
    Último Post: 10-01-14, 11:00 AM
  2. A tragédia da EBD - Professores verbais para uma geração tridimensional
    Por Roberto no fórum Curso Revitalizando o dinossauro Escola Dominical - Estratégias para o século 21
    Respostas: 2
    Último Post: 26-06-12, 12:28 AM
  3. A geração de órfãos espirituais da Janela 5-12 e a EBD Plus
    Por Roberto no fórum Curso Revitalizando o dinossauro Escola Dominical - Estratégias para o século 21
    Respostas: 1
    Último Post: 20-03-12, 11:30 AM
  4. Geração Samuel - Min. de Gideões Mirins
    Por pra. Sueli no fórum Artigos sobre Educação
    Respostas: 1
    Último Post: 15-01-10, 05:23 PM
  5. Geração - Mc 13.30
    Por no fórum Dúvidas
    Respostas: 2
    Último Post: 03-07-07, 01:17 AM

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •