[Timezone Detection]
X
Cadastro rápido

Nome de usuário: Endereço de e-mail:
Verificação humana

Em que ano estamos?


Curtidas Curtidas:  0
  1. #1
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525

    Igreja emergente - O novo inimigo da EBD

    O objetivo deste insight não é fornecer uma visão abrangente da Igreja Emergente. Em vez disso vamos dar uma avaliação um tanto estritamente focada a partir da perspectiva da EBD.

    Definição de Igreja Emergente
    É um movimento de pessoas religiosas pós-modernas em uma tradição cristã com uma diversidade de crenças teológicas (pós-evangélicos, liberais, pós-liberais, carismáticos, neocarismaticos, e pós-carismático, etc) que compartilham uma comum desilusão com a organização (ou institucionalização) da igreja, e comprometidos com a desconstrução da adoração moderna, o evangelismo moderno, e comunidade cristã moderna.

    Características definidoras de Igrejas Emergentes


    Enquanto as práticas variam de igreja para igreja, aqui estão alguns exemplos comuns:

    • As abordagens altamente criativas para reflexões espirituais e adoração. Isso pode envolver desde o uso da música contemporânea e filmes para a liturgia, bem como mais antigos costumes, com o objetivo de tornar a igreja mais atraente para os sem-igreja e aqueles dentro da igreja.
    • Uma estrutura minimalista e descentralização organizacional;
    • Uma abordagem flexível para a teologia da qual as diferenças individuais na crença e moralidade são aceitos dentro da razão;
    • Uma visão holística do papel da igreja na sociedade. Isso pode significar qualquer coisa de maior ênfase na estrutura do grupo a um maior grau de ênfase na ação social, na construção de uma comunidade cristã ou da comunidade;
    • Um desejo de reavaliar a Bíblia dentro de diferentes contextos, com o objetivo de revelar uma multiplicidade de perspectivas válidas em vez de uma única interpretação válida;
    • A contínua reavaliação da teologia;
    • Um valor elevado colocado na criação de comunidades construídas a partir da criatividade daqueles que são uma parte de cada organismo local;
    • A crença na jornada de fé, tanto indivídual como comunitário.

    Muitos dos líderes desses movimentos, não hesitam em usar palavrões e vulgaridade, enquanto pregam. Seus sermões, se é isso que você poderia chamá-los, às vezes são misturados com antídotos chocantes e sugestivo que se destinam a ser bem-humorados. Comediantes são freqüentemente seu modelo para a pregação. Este não é o padrão dos pregadores do primeiro século. Além disso, você não encontra os cristãos do primeiro século questionando a questão da certeza ou verdade como os emergentes fazem. Além disso, a igreja primitiva era constantemente se esforçava para manter-se "imaculada pelo mundo" (Tiago 1:27), enquanto o espírito das igrejas emergentes estão em uma busca contínua de pensar e agir como o mundo.


    Dissidência com a igreja conservadora
    Um dos aspectos mais surpreendentes deste novo movimento na igreja é que a maioria de seus líderes, quando você ler ou ouvir as suas histórias pessoais, vêm de igrejas evangélicas, conservadoras. E a sua dissidência da igreja conservadora ecoa as viagens e as insatisfações de suas próprias vidas espirituais. Para eles, a igreja conservadora é apenas uma falsificação superficial do cristianismo autêntico. Aqui está uma análise simples do que muitos deles disseram.

    Desdém pelo cristianismo contemporâneo como uma instituição. Por quê?

    a. Eles acreditam que a igreja evangélica é dominado por um "macarthismo espiritual": a liderança da igreja que é linear e analítica, com linhas de autoridade e os pastores executivos; certas personalidades evangélicas exerceriam poder desmedido sobre muitos cristãos, e estruturas de autoridade que são institucionais e não relacionais, agem rapidamente para rotular como "liberais" qualquer um que os questione.

    b. Eles consideram a estrutura da igreja evangélica típica para ser uma fórmula mortal de "isolacionismo espiritual": as igrejas moveram-se das cidades para os subúrbios; algumas igrejas exigem padrões de conduta para manter os cristãos no mundo, enquanto outras se enclausuraram longe da pluralismo da cultura pós-moderna.

    c. Eles também acreditam que a prática de os cristãos conservadores uma forma de "darwinismo espiritual", subir a escada do "quanto maior, melhor" e "sucesso é igual a tamanho." Sobrevivência e prosperidade dos mais fortes da igreja, através do dinheiro e das pessoas, é uma filosofia que permeia a igreja conservadora. É tudo sobre edifícios, dinheiro e os órgãos!

    Eles rejeitam discussões tradicionais da teologia proposicional e preferem histórias emergentes do que está acontecendo em suas vidas pessoais para se tornar a Igreja autêntica.

    Eles promovem o tipo de comunidade que tolera amplas diferenças e tratam as pessoas com diferentes idéias e estilos de vida com grande respeito e dignidade. Eles não falam em termos de proposições. Em vez disso, contamr histórias que, como um Emergente disse, "não são sobre o que aconteceu. Elas são sobre o que está acontecendo dentro de nós. Elas são sobre os esconderijos profundos em nós que aparecem e revelam não só nós, mas as impressões digitais de Deus em nossas vidas.
    Pastores devem deixar de pregar exposições estáticas da Escritura, mas deve ser contadores de histórias da história de Deus.

    Para Os emergentes, o Cristianismo é sobre o processo de salvação não principalmente o evento da salvação, e os pregadores precisam entender isso, tornando-se contadores de histórias e não apenas expositores.

    Os evangélicos vêem sua fé em uma cultura modernisma; pós-evangélicos pensam vêem sua fé em uma cultura pós-moderna.

    A motivação por trás do movimento da igreja emergente é a resistência aparente do movimento evangelico de estar familiarizado com outras religiões e tradições. Portanto pós-evangélicos (Os emergentes, por exemplo) estão sendo moldadas por uma cultura diferente do que aquele que moldou a evangélica. A nova cultura que influencia a igreja emergente é caracterizada pelo pluralismo, tolerância e pós-modernidade.

    A dissidência com o modernismo

    Eles acreditam que a igreja emergente deve ter um apelo para a mente pós-moderna. Cristãos modernista vêem alegações cristãs, através de um paradigma da verdade versus erro, a crença certo ou errado, credos e confessionalismo contra infidelidade (racionalismo). Mas para a mente secular pós-moderna, a verdade universal é incognoscível. Os cristãos pós-moderno (cristãos emergentes) vêem reivindicações cristãs através de um paradigma de relacionamentos, amor, tradições partilhadas e autenticidade em troca interpessoal (relacionalismo). Portanto, muito do seu raciocínio para as suas distinções emergentes pode ser resumida em três afirmações.
    1. Desde que nós vivemos em uma cultura pós-moderna é preciso plantar igrejas pós-modernas.
    Igrejas evangélicas não podem penetrar no mundo pós-moderno. Elas são muito rígidas e inflexíveis em suas pregações e suas discussões sobre o evangelho. Porque elas mesmos e seu evangelho são um produto do modernismo, eles são muito difíceis para a mente pós-moderna.
    2. Nenhuma explicação única da realidade é suficiente para dar conta de toda a vida (metanarrativa), mesmo dentro do cristianismo há uma diversidade de sistemas de crenças.
    Se você afirmar que tem uma única explicação da vida como um cristão, então eles vão apontar que mesmo dentro dessa tradição há muitos. Há mesmo muitos tipos diferentes de Batistas, Presbiterianos, Anglicanos, Ortodoxa e igrejas católicas. É hora de ser menos dogmático e ser mais aberto à possibilidade de que a sua marca única do cristianismo não pode ser a resposta final.
    3. Mesmo absolutismo precisa de uma leve dose de relativismo cultural e do pluralismo, a fim de ter maior autenticidade.

    Apresentamos um exemplo claro de um emergente no Brasil - Caio Fábio, Blog Genizah e Revista Cristianismo Hoje.




    › Veja Mais: Igreja emergente - O novo inimigo da EBD

  2. #2
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525

    Debate público!

    O "modelo" da educação religiosa sempre tem sido a escola, ou seja, uma experiência de sala de aula, divisão por faixa etárias, etc, esse modelo está sendo abandonado. A educação ocorre em três formatos:
    (a) instrução formal, em que é intencional e um aluno estuda a avança através de uma instituição, por exemplo, escolas e faculdades;
    (b) não-formal em que a instrução intencional é dado, mas não fazendo parte de um contexto institucional, por exemplo, workshops ou seminários; e
    (c) de socialização, que é a aprendizagem que ocorre através da comunidade ou encontro de culturas, por exemplo, a experiência.


    A Igreja Emergente advoga o fim da Igreja Institucionalizada, consequentemente o fim da EBD que está estritamente atrelada à Igreja Institucionalizada. Os emergentes oferecem algum modelo de reconstrução da educação cristã na Igreja?

  3. #3
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525
    Os emergentes defendem o fim da Igreja institucionalizada, a EBD, segundo eles, perderam sua relevancia mas, Megas Igrejas na América como a Willow Creek, Saddleback criaram programas inovadores para o Ministério Infantil e EBD, assim também como outros currículos disponiveis no mercado como o KIDMO.
    O KIDMO é um inovador programa de multimídia orientado para o ministério infantil. Ele está sendo elogiado em algumas partes da igreja como "A Reinvenção da Escola Dominical".

    http://www.escoladominical.net/showt...as-eletronicas

  4. #4
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525
    Concito-os a lerem os tópicos abaixo.

    http://www.escoladominical.net/showt...ll=1#post23090

  5. #5
    Roberto is offline Roberto's Avatar
    Administrator
    Join Date
    Jan 2004
    Location
    Natal-RN
    Posts
    2,525
    A educadora cristã Madalena Molochenco tem sérias ressalvas aos novos modelos eclesiásticos, conforme elencado no insight Uma dura verdade - o ensino cristão não tem fundamentação teórica

  •   
+ Responder tópico
+ Novo Tópico

Resposta rápida Resposta rápida

  • :lol:
  • :frown:
  • :numbness:
  • :RpS_rolleyes:
  • :butterfly:
  • :stupid:
  • :cool:
  • :loyal:
  • :RpS_drool:
  • :bee:
  • :smile:
  • :adoration:
  • :very_drunk:
  • :eek:
  • :highly_amused:

Clique aqui para logar


Em que ano estamos?

Thread Information

Users Browsing this Thread

Há atualmente 1usuários navegando neste fórum. (0 membros e 1 visitantes)

Similar Threads

  1. Ano Novo
    By Nira in forum Eventos e Datas Comemorativas
    Respostas: 11
    Last Post: 27-10-14, 04:54 PM
  2. Teatro - O Jardim do Inimigo
    By Juninho CTBA in forum Teatro, Fantoches e Jograis
    Respostas: 8
    Last Post: 14-11-10, 12:06 AM
  3. Teatro - Perseguição do inimigo
    By Marta3743 in forum Teatro, Fantoches e Jograis
    Respostas: 3
    Last Post: 04-04-10, 08:00 PM
  4. Novo Testamento em grego
    By Roberto in forum Sala dos Professores de Jovens e Adultos - Evangelismo - Discipulado - Novos Convertidos
    Respostas: 2
    Last Post: 08-11-06, 10:24 PM
  5. Novo software - AMOR.EXE
    By tienesjr in forum Geral
    Respostas: 0
    Last Post: 01-08-04, 03:41 PM

Posting Permissions

  • You may post new threads
  • You may post replies
  • You may not post attachments
  • You may edit your posts
  •