Curtidas Curtidas:  0
  1. #1
    Flavinho is offline Flavinho's Avatar
    Membro Novato
    Data de inscrição
    Oct 2009
    Location
    Bocaiúva- MG
    Posts
    13

    Lição 6 - Fuja da imoralidade

    Fuja da imoralidade


    palavras-chave: moral, imoralidade

    definição:

    Moral - Conjunto de regras de conduta consideradas como válidas, quer de modo absoluto para qualquer tempo ou lugar, quer para grupo ou pessoa determinada (Aurélio Buarque)
    Moral - Parte da filosofia que trata dos costumes, deveres e modo de proceder dos homens para com os outros homens.
    Moral - É um sistema de normas, princípios e valores, segundo o qual são regulamentadas as relações mútuas entre os indivíduos ou entre estes e a comunidade, de tal maneira que estas normas, dotadas de um caráter histórico e social, sejam acatadas livre e conscientemente, por uma convicção íntima e não de uma maneira mecânica, externa ou impessoal.


    Imoralidade:

    tudo aquilo que se coloca contra a moral: quebra de regras de condutas, depravação.


    Comentário:
    Antes de enfatizarmos o coceito de acordo à lição, podemos antes fazer um apanhado geral de o que na verdade, ou na íntegra, do termo imoralidade. É a quebra de alguma das regras de conduta de um cidadão com o seu próximo ou consigo mesmo.
    vale ressaltar que, quando se quebra uma destas regras, mesmo as mais simples, torna um sujeito imoral! Fugindo um pouco ao aasunto, digmos que o ato de mentir, ou roubar, ou maltratar outrem, isso é imoralidade. Pecar é imoral. Vai contra os princípios da ética cristã!
    Estes pecados podem ser cometidos dentro e fora do corpo! quando se peca contra outra pessoa, comete-se pecado fora do corpo, cabendo à pessoa que pecou, para se redimir, chegar até a pessoa ofendida e pedir perdão!
    mas nessa aula, estudaremos o pecado contra o corpo, ou alguns deles!
    muito comumente lelacionamos imoralidade apenas às ações derelacionadas ao sexo ou a atração física de dois indivíduos, deixando à margem todo o sentido da palavra.
    falando da imoralidade no contexto da lição, vivemos em dias complicados, visto o agravamento da situação em que se enontra nossos adolescentes, face ao crescimento assombroso da oferta do pecado que bate à porta. como vaciná-los contra esse vírus que corrói a santidade nestes dias? Posso dizer que a resposta está em nossas mãos e muitas vezes deixada de lado. Estamos deixando as lições práticas e universais da ética cristã ser substituída por valores não-cristãos. Sincramente ficarei muito chateado se souber que uma igreja ou um grupo de professores estão se unindo em torno de uma campanha: use camisinha! Devemos ensinar aos nossos adolescentes os valores do cristianismo, como a virgindade e o sexo após o casamento.

    É óbvio que o maior desejo de satanás é acabar com a igreja de Jesus na terra, e acabando com a base que é a família,fica mais fácil, e para isso ele quer mudar os valoresCristãos, substituindo-os por valores mundanos.
    no meio dos adolescentes, por exemplo, a maioria, pode observar, tem vergonha de dizer que é virgem. Outrossim, o diabo lançou este negócio do ficar! Amor sem compromisso, acabam por perverter os valores cristãos e geram crises de identidade.
    precisamos, como educadores cristãos, resgatarmos a maioria dos adolescentes, atolados nesta miséria que é a perda destes valores.
    Mas, tomemos cuidado para não tornarmos o sexo como uma aberração, ou seja, tratarmos com repúdio uma coisa que Deus deixou para perpetuação da espécie! Devemos esclarecê-los que dentro dos parâmetros espirituais, o sexo é uma bênção.
    Agora vêm as questões que os alunos terão dúvidas! Querido professor: prepare-se bem, tanto sua mente quanto seu espírito, pois esta aula gerará muitas perguntas de seus alunos! Outra: perguntas deles nunca deverão ficar sem respostas! E nuca os enrole, pois eles perceberão! Ou você saa, ou não sabe! Adiante a seus alunos, procure saer quais são suas dúvidas mais frequentes e as estude bem! Outra: nunca tente ensinar o que você ainda é leigo no assunto, nem use termos como "eu acho". quem acha não tem certeza, portanto nunca merece crédito!

    mas, afinal, quais são as dúvidas que os alunos poderiam me perguntar na lição de hoje? aqui vão algumas das mais "polêmicas":

    Qual a finalidade da virgindade? ou: por que ser virgem até o casamento?
    R: além da pureza, a virgindade é importante! senão, ningém nasceria com ela! segundo, par os princípios cristãos, serve para proteção do indivíduo, que deixa de ser mero objeto. Ninguém é de ninguém, até se tornar uma só carne com outra pessoa! quando isso acontece, um passa a viver para o outro; a mulher para o homem, o homem para a mulher, respectivamente. Hoje em di estão trocando os valores da virgindade por uma campanha: use camisinha! cuidado! Nosso corpo é templo do Espírito Santo! Tem gente que diz: meu corpo é meu! faço dele o que quero! Engana-se quem assim pensa: esta casa tem dono! e quando o dono dela a quiser...

    ficar, é ou não pecado? Ficar é pecado! Paulo diz que nosso corpo não é par a postituição, e Pedro ainda nos manda oferecer sacrifício da nossa própria canre, fazendo o culto racional, que Deus agrada.quem sacrifica a carne não atende a seus desejos, mas vive segundo o Espírito! Este negócio de que "a crne é fraca é desculpa de quem não tem compromisso com DEUS.

    Masturbação é pecado?
    à luz da bíblia sim! Deus matou dois filhos de Judá por causa disso!

    sites pornográficos, revistas são pecados lê-las ou acessá-los?
    O salmista davi foi enfático: não porei coisa má diante dos meus olhos! Quando se coloca isso, pode se sujeitar em viver segundo a carne, vindo a pecar contra Deus.

    Qual a idade certa pra um começo de namoro?
    isso ai depender do amadurecimento físico, emocional e até mesmo espiritual de cada um, Há pessoas que amadurecem mais cedo, outras mais tarde! desde que faça tudo de maneira santa e para glória de Deus, não há uma 'idade padrão"

    entre outras.

    Procure estudar bem o que a bíblia diz sobre estes assuntos. não se prenda apenas à lição!
    Como sempre as respostas simples e eficazes resultam, nós os adultos é que temos a mania de complicar.

    retirado da revista lares cristãos:

    (Uma pedagoga está palestrando)

    Sexualidade
    “Mais do que as palavras, suas atitudes é que nos levarão a confiar-lhes os nossos mais terríveis medos. E mais que as palavras, seus gestos, seu olhar atento, sua confiança em nós e sua disponibilidade é que nos farão sentirmo-nos protegidos e livres das ameaças e chantagens do que quer e de quem quer que seja.” (Tânia Zagury, O adolescente por ele mesmo, Editora Record, p. 211)
    Não há dúvida. Estamos, já há algum tempo, vivendo uma revolução moral e sexual em nossa sociedade. A principal questão não é se essa revolução afetará as nossas famílias, mas o que vamos fazer a respeito dela. Uma coisa é certa: se nós não educarmos adequadamente nossos filhos nesta área, não podemos ser ingênuos em pensar que alguém mais irá fazê-lo. Ou melhor dizendo, pode ser que nossos filhos até sejam ensinados sobre sexo, mas não de acordo com os valores cristãos. Certamente eles conversarão com os amigos sobre o assunto, mas quantos deles já não serão sexualmente ativos? As bancas de jornal sempre terão muito material disponível para ensiná-los, e a Internet também. A mídia tentará convencê-los do empolgante prazer que existe no “sexo livre”. Na maioria dos filmes a que eles assistem, tanto na televisão como no cinema, a cena que mostra o casal se beijando quase invariavelmente passa para outra dos dois na cama tendo relações sexuais. Os professores se esforçarão para ensinar seus alunos, mas a literatura que as escolas usam fala sobre “sexo seguro” e “estilos de vida alternativos”. Na verdade, os educadores, em geral, desistiram de aconselhar a abstinência, pois isso não funciona mais atualmente.
    Os nossos jovens são espertos. Quando são confrontados com os fatos, eles sabem tomar decisões inteligentes. Mas minha pergunta é: quem está lhes apresentando os fatos? É também responsabilidade da igreja fazê-lo, porém muitas vezes os líderes não querem tocar no assunto. Os pais, talvez por vergonha ou, o que é mais grave, por negligência, nunca sentam com seus filhos para ter um diálogo aberto sobre os perigos e as consequências do sexo fora do casamento.
    É absolutamente necessário que um ponto de vista claro, objetivo e saudável sobre sexo seja oferecido pelos pais do adolescente, do jovem, dentro da sua própria casa.
    De Pai para Filho
    A Bíblia tem muito a dizer sobre sexo. Nos capítulos 5 a 7 de Provérbios um pai dá uma aula de educação sexual ao seu filho. Ele alerta sobre os perigos de uma vida promíscua e faz o contraste com a alegria do sexo no contexto do casamento. É importante apresentar os dois lados.
    Meu marido gosta muito de trabalhar com adolescentes e jovens nas escolas e nas igrejas. Em primeiro lugar, porque eles são muito “ensináveis”. Também porque é mais fácil prevenir os problemas do que tentar repará-los depois. Muitos casamentos já estão condenados ao fracasso antes de serem realizados por causa de irregularidades, de “escorregões” que aconteceram durante o namoro.
    Anos atrás Jaime escreveu um livro que recebeu o título Sexo: aqui e agora? (disponível em http://www.larcristao.com.br). Ele é recheado de ilustrações atraentes e interessantes, e os capítulos são curtos e objetivos. Nele Jaime apresenta vinte razões por que o sexo antes do casamento é prejudicial. Quero destacar apenas algumas:
    • Abala nossa amizade com Deus.
    • Interfere na comunicação do casal.
    • Prejudica a confiança e o respeito mútuo.
    • Diminui a autoestima.
    • O rompimento torna-se mais doloroso.
    • Há ameaça de uma gravidez ou de uma doença sexualmente transmissível.
    • Haverá maior tendência à infidelidade conjugal.
    • Causa desentendimentos entre pais e filhos.
    • Os futuros pais terão dificuldade em serem exemplos para seus filhos.
    • Rouba o encanto da noite de núpcias.
    Como meu marido gosta de dizer: “Não existe um presente mais valioso que você pode oferecer ao seu cônjuge na noite de núpcias do que dizer: ‘Eu me guardei para você e para esta hora’”.
    De Mãe para Filha
    Eu fui convidada para escrever um livro sobre sexo, cujo título sugerido era O segredo da rosa (Editora Hagnos). Não foi difícil desenvolver a ideia da rosa, pois em Cânticos dos Cânticos a jovem da história afirma: “Eu sou a rosa...” (Cântico dos Cânticos 2.1 – ARA ).
    No livro falei sobre:
    • Os espinhos – as consequências e os perigos do sexo antes do casamento. Existe um velho provérbio chinês que diz: “Aquele que não quer os espinhos não deve tocar a rosa”.
    • O solo – o enorme benefício que representa um lar onde existe comunicação aberta, aceitação, amor e harmonia.
    • Os jardineiros – os pais e, especialmente, Deus, o Criador.
    • A poda – isto é, toda “erva daninha” que precisamos arrancar ou cortar e jogar fora.
    Também falei sobre o botão de rosa. A moça sulamita repete três vezes em Cântico dos Cânticos: “Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis, nem desperteis o amor, até que este o queira” (2.7; 3.5 e 8.4 – ARA). Em 8.8 lemos: “Temos uma irmãzinha que ainda não tem seios; que faremos a esta nossa irmã, no dia em que for pedida?”.
    Certa vez Jaime aconselhou uma garota de dezessete anos de idade que decidiu “ficar” com um rapaz da sua escola. Ele a levou para um motel, onde ela perdeu a virgindade. Entre soluços, ela confessou ao Jaime: “Sabe o que é pior? Na semana seguinte, quando encontrei com ele no colégio, ele nem sequer lembrou o meu nome!”.
    Não há nada mais triste do que ver um botão de rosa morrer antes de abrir. E não existe nada mais bonito do que assistir ao desabrochar de uma flor – sua beleza, seu perfume, o encanto e a alegria com que envolve a todos.
    Nossa nação e nossas igrejas serão fortes na medida em que as suas famílias forem fortes. E nossas famílias serão fortes quando estiverem firmadas nos eternos e imutáveis princípios da Palavra de Deus.


    › Veja Mais: Lição 6 - Fuja da imoralidade

  2. #2
    ValGuerlando is offline ValGuerlando's Avatar
    Membro Novato
    Data de inscrição
    Jan 2008
    Posts
    11

    Re: Lição - Fuja da imoralidade

    Muito bom comentário e estudos. Domingo teremos uma inversão de professores em minha igreja e eu darei aula aos jovens ja que sou uma jovem senhora, casada recentemente e o professor dos adolescentes é um jovem.

  3. #3
    Flavinho is offline Flavinho's Avatar
    Membro Novato
    Data de inscrição
    Oct 2009
    Location
    Bocaiúva- MG
    Posts
    13

    Re: Lição 6 - Fuja da imoralidade

    agradeço a tua atenção! toda semana postarei o assunto da aula seguinte! não nos prive de tua companhia!

    Abraços e sucesso!


  •   
+ Responder tópico
+ Novo Tópico

Resposta rápida Resposta rápida

  • :RpS_rolleyes:
  • :butterfly:
  • :stupid:
  • :cool:
  • :lol:
  • :frown:
  • :numbness:
  • :RpS_drool:
  • :bee:
  • :smile:
  • :adoration:
  • :very_drunk:
  • :eek:
  • :loyal:
  • :pride:

Clique aqui para logar


Qual a capital do Estado do Piauí?

Informação do Tópico

Users Browsing this Thread

Há atualmente 1usuários navegando neste fórum. (0 membros e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Lição 12-Fuja da contenda
    By Flor in forum 1º Trimestre - Revista 5
    Respostas: 4
    Último post: 20-03-14, 01:40 PM
  2. [Lição 5] A imoralidade em Corinto
    By Roberto in forum Subsídios CPAD - 2º Trimestre 2009 (Jovens e Adultos)
    Respostas: 0
    Último post: 24-04-09, 04:57 PM

Permissões de postagem

  • You may post new threads
  • You may post replies
  • You may not post attachments
  • You may edit your posts
  •